Entendendo a Cor do Vestido

Rosas são vermelhas, violetas são azuis. Salmão é meio rosado, mas o sushi que você comeu semana passada era claramente laranja. Falando em laranja, por que laranja se chama laranja e limão não se chama verde? Aliás, já imaginou uma cor que não existe? É, meus caros, cor é algo complicado.

Nesses últimos dias surgiu essa foto na internet:

aKPmTXX

Que cor é esse vestido? Azul e preto ou branco e dourado? Pergunte ao seu coleguinha ao lado e veja se ele tem a mesma resposta.

A internet passou o dia discutindo isso. Afinal, o que está acontecendo? Seus olhos estão quebrados ou todo mundo está armando uma pegadinha contra você?

Fique tranquilo, não é nada disso. Bem, é sempre bom consultar um oftalmologista pelo menos uma vez por ano e quase ninguém tá te zuando.

Para resolver essa situação, precisamos avançar por camadas:

Nível 1 – O vestido

O vestido é azul com preto. Caso encerrado. Você pode comprar ele aqui.

Screen Shot 2015-02-27 at 4.39.08 PM50 Euros nessa coisa brega?! Aí não!

Mas não importa a cor do vestido, o que importa é que você ou seu amigo estão vendo ele da cor que ele não é!

Nível 2 – A fotografia e suas cores

Muita gente está se apegando a fotografia e deduzindo que, se descobrir as informações digitais da fotografia, terá a resposta da verdadeira cor.

Unknown-660x748Oh não! Agora são 6 cores!

Embora isso mostre a cor de um ponto ou uma média de cor de diversos pontos da figura, ainda assim não explica a diferença que cada pessoa percebe.

Caso você esteja sofrendo para tentar ver a outra cor, experimente mudar a iluminação da figura:

https://vine.co/v/O21F63va1mM/embed/simplehttps://platform.vine.co/static/scripts/embed.jsUntitled-12-660x334 Mas, claro, isso ainda não responde a pergunta. Pessoas na mesma posição, vendo a mesma tela, observam cores diferentes.

Nível 3 – Seus olhos

A primeira explicação, que surgiu primeiro no Twitter é a diferença nos olhos de cada um. É um pouco complexa, mas vamos com calma. Vamos entender como a gente enxerga: Screen Shot 2013-06-20 at 4.17.03 PM Muito bem, uma luz bate no objeto, ele absorve parte da luz e reflete outra. A parte refletida vai direto pros seus olhos, que tem sensores conhecidos como cones, que dirão a cor do objeto, e bastonetes, que dirão o sombreamento. Ou seja, temos três momentos chave:

A luz emitida, que pode ter um espectro limitado de cores, tipo uma luz artificial de loja ou a luz do sol com o espectro completo. Se iluminar um objeto qualquer com luz puramente laranja, por exemplo, esse objeto ficará laranja, claro ou escuro, dependendo do quanto absorver e refletir.

O segundo momento é o da luz que bate no objeto. O material que o compõe absorve luz e reflete a cor que ele terá. Esse é conhecido como sistema subtrativo, que é o mesmo que você aprendeu primeiro no colégio: Azul e Amarelo = Verde, Vermelho e Azul = Roxo e etc. Ou seja, é aquele sistema que se você misturar todas as cores, você terá preto.

E, finalmente, a luz que vai ao nossos olhos. Aí estamos falando de percepção de luz, o sistema Aditivo, o mesmo da TV, tela do computador, etc. É também o sistema daquela experiência que você gira uma roda de cor e, misturando todas as cores, temos o branco.

[jwplayer mediaid=”1108″]

Muito bem, a teoria que apresentaram é de que se você vê o vestido azul e preto, seus cones estão bem ativos que resulta numa mistura subtrativa. Caso contrário, seus olhos não funcionam bem com pouca luz e os bastonetes detectaram o branco. Menos sensíveis à luz, os seus olhos criam a mistura de aditivos, verde e vermelho, para fazer dourado.

Além disso, ainda existe o daltonismo, que pode ocorrer em diversos níveis, se você quiser, pode fazer diversos testes aqui.

Porém, isso não explica muito bem por que a mesma pessoa vê as duas possibilidades, mesmo sem mudar a luminosidade ou ângulo.

Experimente usar as imagens com a iluminação corrida para ver a cor que não é a que você costuma enxergar por um tempo mais longo. Quando voltar para a original, com a mesma condição que via antes, provavelmente verá a cor que não via antes. E agora, Moisés?

wntgdWe need to go deeper

http://myinstants.com/media/bt/genericInstant_event.swf

Nível 4 – Sua cabecinha

Se alguém está de palhaçada com você, é seu cérebro. Veja bem, você sabe, por exemplo, que uma maçã é vermelha. Esteja ela na sombra, no sol, na cozinha com luz branca ou na sala com luz amarela.

O nome disso é Constância Perceptiva e é o que faz a gente cair na maioria das ilusões de ótica.

A importância disso é contextualizar o que estamos observando, baseado no que está em volta. Uma ilusão famosa é essa:

Grey_square_optical_illusion

Os dois quadrados marcados são exatamente da mesma cor.

Illusion_5_edited

Agora vem a parte legal. No caso da imagem do vestido, a gente não tem informação suficiente pra interpretar a cor, mas nosso cérebro PRECISA nos dizer, afinal, temos que saber se é o que vemos é comida ou um predador.

Seu cérebro não quer te deixar com dúvidas, ele vai pegar o que tem em volta, associar ao seu conhecimento e pronto. Eis a cor que você enxerga.

dress_color

Com tudo isso que vimos, a última pergunta que podemos fazer é, o que define você interpretar cores de maneira diferente das outras pessoas, seja no vestido, na cor dos olhos de alguém ou na cor do GameBoy?

GameboycolorAzul, roxo ou lilás?

Nível Limbo – Sua cultura

Sim, embora as cores sejam algo objetivo, medida em frequencia e comprimento de onda, não são percebídas individualmente da mesma maneira.

Veja o Japão, por exemplo. A palavra que descreve Azul para eles é “Ao”, mas é muito usada para descrever objetos verdes, como “aona”, que significa “folha verde”. A palavra Midori, que significa Verde, só surgiu por volta do ano 800 D.C.

O logotipo da minha empresa de design brinca com isso, propositalmente usei um tom que para uns é verde e para outros é azul.

Logossauro-01

E o Arco-íris? Chamamos a última cor de violeta, mas é na verdade o violeta do “rosas são vermelhas e violetas são azuis”, que é azul.

arco-iro

O Vermelho padrão que usamos pra representar o RGB no computador se chama Orangered (Laranja-vermelho) e o Azul padrão se chama Indigo (que é a cor do GameBoy lá em cima).

Então pode parecer muito estranho seu amigo falar que o vestido é Azul, quando você vê Branco, mas é possível até mesmo que vocês estejam vendo a mesma coisa e chamando de algo diferente. Ninguém falou que todos vemos o mesmo azul, mesmo branco, mesmo preto/cinza e mesmo marrom/dourado.

Cor é algo complicado.

Anúncios

  1. Gelson Erthal

    Muito bom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: